Simpósio aborda desafios e perspectivas do Ecumenismo no Brasil

08aab24c 0b1e

Os “frutos e compromissos Ecumênicos” nos dias atuais foi a temática do debate do Simpósio organizado pela Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e Diálogo Inter Religioso entre os dias 29 a 31 de janeiro, na Casa de Formação Sagrada Família, em São Paulo, SP. O encontro contou com a presença de 60 participantes entre bispos, pastores e pastoras, padres, leigos e leigas envolvidos com o trabalho ecumênico no Brasil. O evento integrou a preparação para a Celebração dos 500 anos da Reforma. O encontro propôs fortalecer a cooperação ecumênica das Igrejas no Brasil.

No debate A caminhada Ecumênica Católico-Luterana e os temas centrais do documento ‘Do conflito à Comunhão’; o pastor Dr. Romeu Ruben Martini, assessor teológico da Presidência da IECLB (Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil), ressaltou que é necessário “perceber e reconhecer o quanto já temos e foi identificado que temos em comum, como por exemplo, à justificação por graça e fé. O documento nos ajuda a entendermos o quanto nós temos possibilidades de caminhar e de dar um testemunho do Evangelho especialmente nas condições do sofrimento humano”.

O Padre Dr. Érico Hammes, professor da PUC RS expôs considerações frente a “A recepção e vivência efetiva da proposta do Documento ‘Do conflito à Comunhão’ onde se enfatiza que não há limites para o Sopro do Espírito. É pela diversidade que também reconhecemos o quanto ilimitado pode ser a manifestação do sagrado, de Deus e da nossa responsabilidade cristã no mundo.

Frente às vésperas da Campanha da Fraternidade Ecumênica o painel “Ver nossa Casa Comum, iluminar com a palavra de Deus e viver a Campanha da Fraternidade”, coordenado pela pastora Drª Romi Bencke, da IECLB r Secretária Geral do CONIC (Conselho Nacional das Igrejas Cristãs) indagou sobre o sentido atual da missão das igrejas e pontuou desafios concretos de que a fé possa se expressar em ações de cuidado e responsabilidade com o planeta.

Para o assessor da Comissão de Ecumenismo e Diálogo Inter Religioso, CNBB, Padre Marcus Barbosa “o Simpósio Ecumênico oferecido pela comissão, além de oferecer novos conteúdos para nossa formação, é um espaço privilegiado para conhecimento, convivência e articulação de muitos cristãos e cristãs e irmãos de nossas Igrejas e regionais da CNBB envolvidas com a causa da Unidade Cristã”.

O encontro foi permeado por momentos intensos de espiritualidade e fraternidade entre os participantes impulsionando novos horizontes para a caminhada ecumênica no Brasil.

Texto: Edoarda S. Scherer