Assembleia da Assemae se consagra no debate nacional sobre saneamento

081844b8a29c886d25746ccb5304f59d XL

Fiel à luta pela universalização do saneamento básico, a Assemae realizou, de 16 a 19 de maio, a 46ª Assembleia Nacional da entidade, que reuniu 1.874 participantes em uma intensa programação de palestras, painéis, apresentação de trabalhos técnicos e feira de tecnologias. O evento ocorreu na Sociedade Cultura Artística (Scar) de Jaraguá do Sul (SC), debatendo como tema central o acesso ao saneamento básico enquanto direito de todos. O 1º vice-presidente do CONIC, pastor Inácio Lemke, participou do evento falando sobre a Campanha da Fraternidade Ecumênica que, este ano, trabalhou o tema do saneamento.

A Assembleia unificou representantes de todas as regiões do país, entre gestores públicos, técnicos, ambientalistas, lideranças de movimentos sociais, empresários, pesquisadores e organizações não governamentais. A programação de debates abordou 13 temas sobre a gestão do saneamento básico, como os desafios para a manutenção de barragens, geração de eletricidade em saneamento, prevenção a enchentes, perspectivas de financiamentos públicos, gerenciamento de resíduos sólidos e a relação do saneamento com as doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti.

Segundo o presidente da Assemae, Aparecido Hojaij, o evento se consagrou como um dos principais pontos de encontro anual para o debate das políticas públicas relacionadas ao saneamento básico. “As Assembleias Nacionais representam um esforço contínuo da Assemae, que há 32 anos empunha a bandeira municipalista a favor da saúde da população brasileira e da preservação dos recursos naturais, ambas garantidas pela implementação das atividades do setor. Esperamos que as reflexões destacadas no evento sejam ecoadas nos gabinetes de nossos governantes, e que a força dos municípios nos conduza rumo à universalização do saneamento básico de qualidade”, destaca.

O prefeito de Jaraguá do Sul (SC), Dieter Janssen, afirmou ser uma honra para o município receber a Assembleia da Assemae, especialmente porque o evento abordou a questão do saneamento básico. “Temos uma cidade que cresce em parceria com o desenvolvimento sustentável. Daí a importância de mostrar os avanços de nosso município, incluindo a construção de obras e o apoio à gestão. Com este investimento nas ações de saneamento, quem ganha saúde e qualidade de vida é a população brasileira”, completa.

Conforme ressaltou o presidente da Assemae Regional de Santa Catarina e diretor-presidente do Samae de Jaraguá do Sul, Ademir Izidoro, a 46ª Assembleia da Assemae cumpriu seu papel de promover o debate nacional a respeito do saneamento básico público, tendo como meta a universalização do acesso aos serviços do setor. “Ao receber um evento dessa grandiosidade temos a oportunidade de mostrar o que temos feito de bom, e assim, podemos contribuir para a ampliação do conhecimento e da troca de experiências entre os profissionais”, disse.

Experiências exitosas foram apresentadas

A 46ª Assembleia também promoveu a 20ª Exposição de Experiências Municipais em Saneamento (EEMS), que apresentou mais de 140 trabalhos técnicos sobre temas do setor. Representando o SAAE de Guarulhos (SP), a proposta de ferramenta computadorizada para cadastro de redes em tempo real foi considerada o melhor trabalho da Exposição, com a autoria de Thiago Garcia da Silva Santim, Fernando Cesar Uzan e Luiz Eduardo Mendes.

Feira de saneamento mostrou tecnologias para o setor

Além da programação de debates, a 46ª Assembleia ofereceu uma feira de saneamento básico de 1.639m², com a participação de empresas nacionais e internacionais que fornecem tecnologias ao setor de saneamento. No local, os visitantes apreciaram diversas inovações tecnológicas em processos, serviços e equipamentos, sobretudo, para os operadores de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza e drenagem urbana.

Visitas técnicas atraíram grande público

No âmbito de atividades paralelas, os participantes da Assembleia tiveram a oportunidade de realizar visitas monitoradas à sede da empresa WEG, uma das maiores fabricantes de motores elétricos do mundo, e também à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) São Luís, inaugurada em março desse ano. A programação do encontro disponibilizou, ainda, um minicurso sobre modelagem hidráulica em redes de água e esgoto, que foi recorde de inscrições.

Carta de Jaraguá do Sul reafirma compromisso da Assemae com a gestão pública

Como resultado do evento, a Assembleia Geral de associados aprovou a “Carta de Jaraguá do Sul”, documento que reafirma o compromisso da Assemae a favor do municipalismo autônomo e soberano nos rumos do saneamento básico. De acordo com o texto, a entidade não medirá esforços para que os serviços municipais tenham capacidade técnica e financeira de gestão, garantindo a continuidade da prestação dos serviços, a manutenção da estrutura e a otimização dos recursos disponíveis.

Fonte: Assemae
Foto: Reprodução