Nepal é o país onde mais cresce o número de cristãos no mundo

O Nepal é um dos países que vivenciou o crescimento mais rápido de cristãos no mundo, de acordo com números da World Christian Database. O país registrou o número zero de cristãos no censo de 1951. Dez anos mais tarde, esse número cresceu para 458. Em 2001, cerca de 102 mil cristãos já se estavam no Nepal e, em 2011, o grupo triplicou para 375 mil.

439593100 cristaos nepal
De acordo com Bishwa Mani Pokharel, chefe de redação no jornal Nepal'sNagarik, é provável que o número de cristãos nepaleses seja ainda maior.

Em 1950, o país era um reino hindu fechado aos estrangeiros. No entanto, após a guerra civil que eclodiu na década de 1990 e o fim da monarquia em 2008, o Estado passou de um reino fechado para uma república secular.

Contudo, o proselitismo (busca por novos fiéis) continua sendo ilegal, mas isso raramente essa lei é aplicada. Os grupos cristãos entram em cena na prestação de assistência social, preenchendo lacunas do Estado. Nessas ações, muitos têm a oportunidade de pregar o Evangelho.

O sistema hindu de castas também acaba se tornando um incentivo involuntário para a conversão dessas pessoas. Indivíduos de castas mais baixas sofrem uma intensa discriminação, e o cristianismo oferece uma maneira de escapar disso.

"É a única maneira de sair", disse Gary Fallesen, fundador da instituição de caridade C4C. "Socialmente, não há nada que se possa fazer para mudar isso. Então nós compartilhamos sobre o amor de Jesus com essas pessoas. O sistema continua existindo, mas já não tem poder sobre eles."

No entanto, alguns líderes do país não estão contentes com esse "boom" cristão. Após o lançamento da primeira Constituição do país, em setembro de 2015, quando Nepal foi estabelecida uma nação secular, um debate sobre a possibilidade de o país voltar a ser um Estado Hindu veio à tona.

Embora o número oficial de 375 mil cristãos ainda seja pequeno em comparação com a população total de 27,8 milhões, o crescimento tem sido exponencial. As cláusulas sobre a liberdade de religião na nova Constituição têm incentivado a igreja a florescer ainda no país.

Com informações do Guiame / Christian Today
Foto: Reprodução