Igreja mobiliza 36 paróquias para ajudar vítimas da seca em AL

240039 ext arquivo
 
O drama vivenciado pelos moradores do Agreste e do Sertão de Alagoas, com a falta de chuva e a escassez de alimentos, por conta da estiagem que assola 36 municípios das duas regiões, está mobilizando a Diocese de Palmeira dos Índios, que lançou campanha para ajudar as famílias de agricultores afetados pela seca.
 
Com o apoio da Cáritas Diocesana e Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Campo (MTC), a Igreja Católica coordena a campanha “SOS Sertão de Alagoas”, com o propósito de arrecadar água e alimentos para as famílias que sofrem com a estiagem em Alagoas.
 
A iniciativa abrange os 36 municípios da circunscrição eclesiástica, onde vivem cerca de 300 mil pessoas.
 
“Estamos vivenciando um colapso de água, com abastecimento feito por caminhões-pipa que não conseguem amenizar totalmente o sofrimento de nossos irmãos”, afirma o bispo Dom Dulcênio de Matos, revelando que a campanha também conta com o apoio do Conselho de Leigos da Diocese.
 
Diante da situação de sofrimento das famílias, com açudes e barragens sem água, o representante da Igreja Católica revela a campanha pretende sensibilizar a população para levar água e alimentos até a paróquia ou igreja mais próxima de cada residência.
 
Dom Dulcênio aponta o trabalho social feito através das Caritas local, regional e nacional a favor das pessoas mais carentes, levando cisternas para as famílias que ainda não têm como armazenar a água, enquanto aguardam a chegada do carros-pipa.
 
“Esse é um grande desafio no campo social que depende da mobilização de toda a sociedade alagoana”, acrescenta o bispo.
 
Fonte: tribunahoje.com
Foto: tribunahoje.com