Foi realizado, no dia 6 de maio, no Centro Educacional Agostiniano, em Vitória (ES), o Encontro Ecumênico de Mulheres do CONIC-ES. A programação do evento foi enriquecida pelo lançamento de dois livros: “Mulheres no Movimento da Reforma” e “Mulheres Extraordinárias”. No primeiro, a Prof. Dra. Claudete Beise Ulrich e a Pa. Heloisa Gralow Dalferth registram a história de mulheres e seus desafios ao longo do século XVI. No segundo, a jornalista Karla Maria recupera histórias de mulheres marcadas por dramas sociais, raciais e morais contemporâneas.

A dinâmica da abertura do evento foi conduzida pela Rev. Eliane Breda e a celebração final foi coordenada por Ivonete Maria da Silva, Marina Couto e Carlos Luiz Ulrich. Ambos os momentos tiveram como base o texto do Evangelho segundo João 4:1-45.

eem es

A organização do Encontro foi uma sugestão trazida pela presbítera Anita Wright Torres, que participou, no ano passado, em São Paulo, do encontro do CONIC, cujo tema foi: “Mulheres: Direito e Justiça”.

A despedida foi no espírito de gratidão, de renovação de esperança e de confiança da caminhada ecumênica. Foi um dia muito rico de partilha e reflexão, denúncia, resistências, desafios, propostas e esperanças. De novo, ecoou o clamor das diferentes periferias. As igrejas históricas necessitam ouvir atentamente este clamor e ir; ir para as periferias com Teologia e Pastoral Ecumênica-Libertadora. As sedes são intensas e diversas, mas a fonte é a mesma: O Cristo crucificado e ressurreto - O Cristo Libertador.

Texto: CONIC-ES / Carlos Luiz Ulrich
Foto: Reprodução