Anglicanos emitem "Moção pela ética, transparência e justiça para o Brasil"

Sem Título 1

Orai sem cessar.

O 34º Concílio da Diocese Anglicana de Brasília, reunido na Paróquia do Espírito Santo, Novo Gama, estado de Goiás, nos dias 19 a 21 de maio do ano de 2017, movido pelo espírito de fraternidade, amor e diaconia transformadora se manifesta sobre o momento atual do contexto brasileiro, preocupante e desafiador.

Tendo em vista o grave, imprevisível e instável momento em que o Brasil atravessa, (1) considerando-se que é imprescindível garantir o respeito absoluto ao Estado Democrático de Direito, (2) considerando-se ainda que tanto a autoridade quanto a legitimidade das instituições são decorrências diretas de uma postura republicana e, o contrário, que a defesa de interesses privados fere a ética republicana e deslegitima toda e qualquer ação ainda que bem-intencionada, (3) considerando-se finalmente, o alto índice de desconfiança que recai sobre as autoridades e lideranças políticas brasileiras, gerando perigoso risco de autoritarismos e arbitrariedades e (4) considerando-se ainda o imperativo de fé nos chama à justiça, prática do direito, defesa das criação em vulnerabilidade, exercício da transparência em todos os níveis bem como o chamado ao cuidado, misericórdia, diálogo, carinho, ternura e coerência com os valores do Evangelho do Reino,

Conclamamos:

1 – a toda a igreja que esteja sempre atenta e comprometida com a prática da justiça e do direito, envolvendo-se e influenciando as devidas autoridades para que cumpram seu papel na divulgação de informações, julgamento e ações nitidamente republicanas e democráticas; 
2 – aos líderes religiosos que continuem profetizando energeticamente para que os mais vulneráveis não sejam novamente punidos e excluídos das nossas sociedade;
3 – a Diocese Anglicana de Brasília que continue em seu caminho de denuncia contra os ataques sistemáticos contra a democracia e aos direitos dos mais pobres neste país, bem como continue orando sem cessar para que a vontade de Deus seja feita aqui e agora.

"Corra o juízo como as águas, e a justiça como o ribeiro impetuoso." (Amós 5:24)

Novo Gama - GO, 20 de maio de 2017