Vaticano e Liga Muçulmana Mundial contra o fundamentalismo

 
O secretário geral da Liga Muçulmana Mundial, Muhammad Al-Issa, em visita ao Vaticano na última semana (dias 20 e 21 de setembro), encontrou o papa Francisco e o cardeal Jean-Louis Tauran, presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso.
 
Na oportunidade, foi reiterado que: religião e violência são incompatíveis; as religiões têm recursos morais capazes de contribuir para a fraternidade e a paz; o fenômeno do fundamentalismo, em particular o fundamentalismo violento, é preocupante e necessita de um esforço conjunto para contrastá-lo.
 
Eles também concordaram que existem situações nas quais a liberdade de consciência e a liberdade de religião não são plenamente respeitadas e tuteladas, daí a urgência de remediar tais situações, renovando o “discurso religioso” e revendo os textos escolares.
 
As partes acordaram estabelecer, num futuro próximo, um comitê permanente conjunto.
 
Com informações da Rádio Vaticano