Solidariedade: evangélicos ajudam católicos no Círio de Nazaré

 
Organizar uma festividade da dimensão do Círio de Nazaré requer diversas frentes de atuação. Uma delas é o voluntariado. Há seis anos, a Igreja da Assembleia de Deus, em Belém, organiza uma ação para atender os romeiros do Círio de Nazaré. Uma das unidades da igreja fica na avenida Nazaré, por onde passam milhões de romeiros em duas grandes procissões da festividade, a Trasladação e o Círio.
 
De acordo com o pastor Zildomar Campelo, coordenador do grupo de voluntários, o trabalho é um dever da comunidade cristã. “Essa iniciativa é para estarmos ali e fazer a vontade de Deus, como cristãos. Por que a igreja somos todos nós, as pessoas, e amar a Deus é também amar o próximo. Por isso estamos em busca dessa unidade de paz e amor”, disse o pastor.
 
Este ano a equipe atendeu cerca de 5 mil pessoas com uma equipe de aproximadamente 500 voluntários. As atividades começaram na noite de sábado (7), com uma equipe médica e a vigília musical. E, a partir das 5h no domingo (8) do Círio, os cafés da manhã foram distribuídos. Durante as procissões, os voluntários também entregaram água para os romeiros.
 
“Quando começamos, éramos poucos. Hoje, somos um exército de pessoas que compreendem o verdadeiro significado de amor ao próximo, independentemente do seu credo, sexo, cor, classe social”, completou Zildomar. “Jesus e o amor são o nosso ponto de convergência. E devemos buscar isso, o que pode nos aproximar”, acrescentou o pastor.
 
“Nós temos que respeitar as diferenças. Não podemos negar ajuda a alguém cansado, com fome. Com certeza, é o que Jesus faria, e seguimos fazendo isso”, concluiu Campelo.
 
CONIC com agências
Foto: Reprodução da Internet