Arquidiocese de Curitiba lança edital para projetos que superem a violência

 
 
 
A Igreja Católica no Brasil iniciou ontem, quarta-feira de cinzas, a Campanha da Fraternidade 2018, com o tema “Fraternidade e Superação da Violência”. Hoje a Arquidiocese de Curitiba lançou sua primeira ação concreta relacionada à Campanha: um edital de apoio a projetos sociais que tenham a proposta de combater os diversos tipos de violência presentes na sociedade.
 
Os projetos sociais podem ser de grupos formais ou informais, de natureza pastoral, vinculados a paróquias ou de organizações não governamentais. O valor máximo de apoio de cada projeto será de R$ 12.000,00 e o prazo para inscrição será até 20 de abril deste ano.
 
Para o coordenador da Campanha da Fraternidade de Curitiba, João Santiago, o edital é um gesto concreto da Campanha da Fraternidade e a cada ano tem possibilitado a realização de importantes ações sociais: “A gente acompanha anualmente e vê que as instituições fazem verdadeiros ‘milagres’ às vezes com 5 ou 6 mil reais”, afirmou, confirmando a relevância em apoiar os pequenos projetos.
 
O edital é fruto do Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS), que é mantido com as doações realizadas pelos fiéis católicos durante a coleta nas missas do Domingo de Ramos, que neste ano será no dia 25 de março. É lançado anualmente para apoiar financeiramente projetos que tenham relação com a Campanha da Fraternidade. No ano de 2017, 22 projetos sociais foram contemplados pelo FDS na Arquidiocese de Curitiba e o recurso total chegou a aproximadamente R$ 170 mil.
 
O edital pode ser acessado no site www.arquidiocesedecuritiba.org.br.
 
Fonte: Arquidiocese de Curitiba
Imagem: Reprodução