fbpx
 
A humanidade enfrenta, neste século, três grandes ameaças que impactam fortemente as condições de vida de todos e projetam cenários de aprofundamento da pobreza, desigualdade e dos conflitos sociais, a saber: 
 
1) as mudanças climáticas, 
2) a perda de biodiversidade e 
3) a poluição dos ecossistemas. 
 
Segundo a ONU, a degradação já está afetando o bem-estar de cerca de 3,2 bilhões de pessoas – ou seja, 40% da população mundial. A cada ano, são perdidos serviços ecossistêmicos que valem mais de 10% de nossa produção econômica global. 
 
DÉCADA DA RESTAURAÇÃO
 
Para evitar essa situação, a ONU estabeleceu esta como a “Década da Restauração”, fixando a meta de recuperação de, pelo menos, um bilhão de hectares degradados de terra – uma área do tamanho da China. No Brasil, estima-se que 50 milhões de hectares de terras florestais estão degradadas e que precisam ser restauradas.
 
CONSUMO INSUSTENTÁVEL
 
A ONU destaca que a humanidade está usando cerca de 1,6 vezes a quantidade de bens e serviços que a natureza pode fornecer de forma sustentável. Os custos globais de restauração terrestre são estimados em 200 bilhões de dólares por ano até 2030, sendo que para cada dólar investido na restauração são gerados até 30 dólares em benefícios econômicos para a sociedade.
 
RESTAURAÇÃO FLORESTAL
 
A restauração florestal busca reverter a degradação das florestas, resultando na oferta de ar e água mais limpos para a população, bem como redução dos riscos associados às condições climáticas extremas e melhoria nas condições de alimentação, saúde e desenvolvimento das comunidades. 
 
A restauração é feita através do plantio de árvores, coleta e propagação de sementes, agroflorestas e muitos outros métodos de restauração que oferecem uma maneira de recuperar algumas das funções essenciais da floresta que se perderam devido ao desmatamento e degradação generalizada. Nesse sentido, a restauração se constitui também num caminho para colocar em prática ensinamentos bíblicos relativos ao cuidado com a criação. 
 
CARTILHA
 
Como parte desse esforço global, a Iniciativa Inter-religiosa Pelas Florestas Tropicais – IRI Brasil lançou a cartilha “RESTAURAÇÃO DA FLORESTA - DESPERTANDO PARA O CUIDADO DAS FLORESTAS TROPICAIS”, voltada para auxiliar líderes religiosos e as comunidades de fé em geral a contribuírem com esse esforço mundial tão urgente e necessário. 
 
Ao longo dos próximos meses, a IRI Brasil estará oferecendo oportunidades de treinamento sobre restauração florestal para os grupos religiosos interessados em conhecer mais sobre o assunto.
 
CLIQUE AQUI para baixar a cartilha.
 
Com informações da IRI Brasil
Imagem: Pixabay